setaQuando o livro é a história

 

O Livro, esse objeto de encantamento, cultura, transformação, erudição …. quantas palavras significativas poderíamos empregar  quando pensamos em livro ? O próprio livro tem uma história que acompanha o desenvolvimento humano. E que diversidade de tipos de livros podemos  encontrar, contando cada um com suas características e objetivos ?Cada um de nós terá sua preferência e se encantará com seus atributos.

Quando vemos um livro com uma boa ilustração parece que o prazer da leitura fica ainda maior.  Mas  a força da imagem  por vezes antecede a escrita como no caso dos livros infantis para o período da pré- alfabetização. Ela possibilita a ampliação do horizonte das crianças através do contato com a criação artística. Mas os livros de imagens ou livros sem textos não se destinam somente ao público infantil, encontramos histórias curiosas, interessantes e trabalhos muito bem engendrados para o  leitor de maneira geral.

Nesses livros sem texto são as imagens que nos vão conduzindo passo a passo no correr da história.  Como não dispomos do texto nossa imaginação fica encarregada  da criação de “possíveis diálogos” . E a “moral da História” ficará também a cargo do leitor que criará sua própria interpretação.

Um  bom exemplo é a série “Ratinhos” da Editora Melhoramentos, da autoria de Monique Felix. Tem um caráter pedagógico associado a uma ilustração encantadora.

http://editoramelhoramentos.com.br/v2/category/titulos/catalogo-geral/catalogo-infantil-fundamental-i/serie-ratinho/

Para o encantamento das crianças também encontramos os chamados Livros Interativos. Por meio deles a criança experimenta sensações  do tato, do som, da visão. E o material do livro é bem diversificado como papel, pano, plástico e outros.  E até mesmo para a hora do banho encontramos alguns simpáticos livrinhos.

(1179)livro_infantil_um_livro_de_banho_amiguinhos_do_mar_todolivro_full

http://www.bebetoys.com.br/produto-1179/tudo-para-bebe/livro-infantil-um-livro-de-banho-amiguinhos-do-mar-todolivro

E não poderíamos nos esquecer dos chamados livros “enrola e desenrola”. Nestes livros a história poderá tomar rumos diferentes conforme a escolhe do leitor. Em um dado momento da leitura é apresentada uma alternativa para que o leitor escolha o rumo da história. Se o leitor voltar a ler poderá optar por outro caminho dando início a um novo desenvolvimento da história. Então é só escolher e seguir.

E os chamados Livro Pop up? São cortes e dobraduras muito cuidadosas,  verdadeiros trabalhos de arquitetura em papel, as imagens parecem saltar das páginas. Quem não sente vontade de abrir um deles? E não tem preço  ver a carinha de surpresa quando um pequenino abre o livro e a imagem literalmente salta a sua frente, surgindo um lindo castelo, personagens ou paisagens encantadoras.  Esses livros têm se apresentado como ótima opção de presente. harry4 http://www.letrasecia.com.br/blog/blog/2011/06/16/livros-pop-up/

E partindo das imagens encontramos também os chamados livros tridimensionais. Nesses livros você pode começar ou terminar a história onde preferir. As imagens vão se formando com a sequência das paginas. Encontramos verdadeiras obras de arte como no caso dos livros de 360º de Yusuke Oono.

http://www.loftwork.com/portfolios/oonoyusuke/page/1

Poderíamos ainda citar os livros de arte, livros didáticos, livros de música, audio books…. Nossa ! uma lista enorme…

E seguindo o caminho revolucionário do computador encontraremos os e-books . Apesar do pouco tempo de existência eles já vêm ganhando terreno em todas as faixas etárias. E este recurso de leitura nos permite levar na bolsa ou na pasta uma verdadeira biblioteca. Se vamos para uma pequena viagem estaríamos carregando um ou dois livros, mas com os e-reads  (leitores de e-books) podemos escolher entre uma gama de diferentes títulos em nossa biblioteca virtual. E a questão do preço também conta muito. Adquirimos um livro eletrônico por um preço bem inferior ao livro impresso, o que também se apresenta como um estímulo para adquirir novos exemplares eletrônicos.

E nesse mesmo caminho encontramos os e-books interativos.  Eles produzem um verdadeiro encantamento para as crianças, que vão clicar na tela e interagir com a imagem, com o som e com as diversas possibilidades que são oferecidas. Poderá  ouvir a história contada com muita graça pela narrador ou ouvir um linda música composta especialmente para acompanhar a história.

o ratinho roqueiro

http://www.biancovilli.com/#!ratinho-roqueiro/cc2v

Cada tipo de livro tem seu espaço e seu público. Hoje questionamos o destino dos livros impressos , assim como vimos questionando  a venda de CDs de música, o destino das editoras, das gravadoras. O desenvolvimento humano seguirá seu curso. Poderemos nos tornar nostálgicos lembrando antigos veículos  de  expressão cultural que vão sendo substituídos  com o decorrer do tempo ou acompanhar as novidades que  surgirão no futuro.

Mas no momento presente  ainda podemos entrar em uma livraria e desfrutar o contato com livros tão especiais. Assim como podemos entrar em nosso computador e ficar maravilhados com a qualidade dos trabalhos que estão sendo apresentados pelos e-books.

Livro de papel ou livro eletrônico? Ambos são comunicação, arte, entretenimento,  difusão de cultura .